19 de novembro

Rafael de São José (em vida leiga: Joseph Kalinowski) nasceu em Vilna de uma família polonesa em 1 de setembro de 1835 e morreu em Wadowice em 15 de novembro de 1907. Graduando-se em engenharia na Academia de Ciências Militares em St. Petersburgh, ele foi nomeado para a fortaleza em Brest Litowski e mais tarde promovido a Chefe do Estado Maior do Exército Russo.

Apesar de seu desejo de deixar a vida militar, ele participou do levante contra as forças de ocupação czaristas na Polônia, aceitando a posição de Ministro da Guerra em Vilna. Na noite de 24 de março de 1864, ele foi preso e colocado na prisão, onde foi condenado à morte, mas a sentença foi posteriormente comutada para dez anos de trabalho forçado na Sibéria. Ele foi libertado em 1874 e retornou à Polônia. Sendo proibido de viver em qualquer uma das principais cidades polonesas, ele assumiu um cargo de tutor do jovem príncipe Augusto Czartoryski, que passou a maior parte do tempo em Paris.

Em 1877, Rapael se juntou aos carmelitas. Foi ordenado sacerdote em 1882 e iniciou um apostolado centrado no confessionário, na direção espiritual e cheio de entusiasmo pelo ecumenismo, trabalhou fortemente pela unidade na Igreja. Um grande devoto de Nossa Senhora, ele reviveu a Ordem Carmelitana Descalça na Polônia. Ele foi canonizado pelo papa João Paulo II em 17 de novembro de 1991.

Fonte: ocarm.org


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui